SOYEZ LES BIENVENUS SUR LE SITE DES AMIS D'ALEXANDRINA - SEDE BEM-VINDOS AO SITE DOS AMIGOS DA BEATA ALEXANDRINA

     
 

MISTÉRIOS GOZOSOS

 

QUARTO MISTÉRIO

OBEDIENTE À LEI

Que tem a ver este mistério com as Marias dos Sacrários abandonados?

Muito, mas sobretudo as virtudes de humildade e obediência.

Certos de que Jesus é o Filho de Deus feito Homem, nós poderíamos pensar que Ele escaparia naturalmente à Lei de Moisés e a todos os costumes dos judeus. Ora, não se passa assim, porque Jesus “não veio abolir a Lei de Moisés”, mas cumpri-la como qualquer outro judeu. E a prova está aqui nestas palavras do evangelista S. Lucas: Quando se cumpriu o tempo da sua purificação, segundo a Lei de Moisés, levaram-no a Jerusalém para o apresentarem ao Senhor, conforme está escrito na Lei do Senhor.” (Lc. 2:22-23)

José e Maria mostraram-se obedientes a esta Lei que regia a vida dos judeus daquele tempo, e “oferecerem em sacrifício, como se diz na Lei do Senhor, duas rolas ou duas pombas.” (Lc. 2:24)

Durante esta cerimónia vai acontecer algo de surpreendente: o Espírito de Deus vai manifestar-se nas palavras do velho Simeão, que exclama:

«Agora, Senhor, segundo a tua palavra,
deixarás ir em paz o teu servo,
porque meus olhos viram a Salvação
que ofereceste a todos os povos,
Luz para se revelar às nações
e glória de Israel, teu povo.» (Lc. 2:29-32)

Senhor, que possamos nós também dizer como Simeão, quando estamos diante do Sacrário para te fazermos companhia: “meus olhos viram a Salvação”.

Que também, cada um de nós possa suavizar a dor ressentida por Maria, nossa querida Mãe, ao ouvir as palavras terríveis do mesmo Simeão: “Uma espada trespassará a tua alma” (Lc. 2:35), porque “este menino está aqui para queda e ressurgimento de muitos em Israel e para ser sinal de contradição” (Lc. 2:34)

Senhor Jesus, de joelhos (mesmo se espiritualmente) na tua santíssima presença, eu te peço me concedas em abundância estas duas virtudes: humildade e obediência.

Pour toute demande de renseignements, pour tout témoignage ou toute suggestion,
veuillez adresser vos courriers à
 :

alexandrina.balasar@free.fr