SOYEZ LES BIENVENUS SUR LE SITE DES AMIS D'ALEXANDRINA - SEDE BEM-VINDOS AO SITE DOS AMIGOS DA BEATA ALEXANDRINA

     
 

MEDITAÇÕES

 

QUERO VELAR UMA HORA CONTIGO

«Sentai-vos aqui, enquanto Eu vou além orar.» (Mt. 26:36)

Meu Jesus, aqui, diante do teu Sacrário, ouço este teu conselho e, não quero dormir, mas orar, orara contigo, para te desagravar, para te mostrar o meu amor e a minha gratidão por teres sofrido e dado a vida por mim, eu que sou tão pecador.

Não é que eu queira dizer-me melhor do que os teus discípulos que adormeceram, mas justamente porque sei o que então aconteceu, não quero cair no mesmo erro: orarei por aqueles que adormecidos no pecado, não oram; por aqueles que adormecidos pelos prazeres do mundo, não te amam; por aqueles que adormecidos pelos prazeres da carne, te ofendem tão gravemente e não acreditam na tua misericórdia.

Meu Jesus, “como é bom estar aqui” (Mt. 17:4) na tua divina presença e sentir o teu amor, sentir a tua oração por mim ao Eterno Pai: “Perdoa-lhes, Pai, porque não sabem o que fazem”! (Lc. 23:24)

«A minha alma está numa tristeza de morte; ficai aqui e vigiai comigo.» (Mt. 26:38)

“Senhor meu e Deus meu”, como é triste ouvir esta queixa, sabendo que sofres por causa dos meus pecados! Como é triste constatar quanto fui e quanto sou ingrato! É por essa razão que aqui venho orar, para reparar as minhas ingratidões, as minhas faltas de amor, não só para contigo, Senhor, mas também para com os meus irmãos. Possa também o meu coração entristecer-se ao pensar no que poderia ter eu sido e não fui, no que desejo ser mas nada posso sem a tua ajuda… porque nada sou!

Meu Deus, ouço na minha alma a tua voz queixar-se: «Nem sequer pudeste vigiar uma hora comigo! Vigiai e orai, para não cairdes em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é débil.» (Mt. 26:40-41) E que faço eu? Continuo surdo, continuo a dormir no meu cantinho, fingindo nada ouvir, para tranquilidade minha… como sou versátil e indeciso!

Senhor, grita aos meus ouvidos; Senhor acorda a minha alma, repetindo até que eu ouça: «Nem sequer pudeste vigiar uma hora comigo!»

Mas sim, meu Jesus, eu ouço enfim o eco da tua voz; ouço enfim o teu convite e, de alma e coração me entrego a ti, me deixo vencer pela tua misericórdia e pelo teu amor. Agora, meu Senhor Jesus Cristo, Esposo da minha alma, agora quero dizer, agora quero gritar se necessário for: “Eu quero vigiar uma hora contigo!”.

Meu Senhor e meu Deus, estando aqui na tua santíssima presença, quero repetir como o bom ladrão: «Jesus, lembra-te de mim, quando estiveres no teu Reino» (Lc. 23:42), porque “só tu, Senhor, tens palavras de vida eterna” (Jo.6:68) e ainda «porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo» (Jo. 6:33).

Vem, Senhor Jesus !

Pour toute demande de renseignements, pour tout témoignage ou toute suggestion,
veuillez adresser vos courriers à
 :

alexandrina.balasar@free.fr